terça-feira, 22 de julho de 2014

Chupador de rola



CHUPADOR DE ROLA


Um visitante do blog me contou que está casado (com mulher) e ela nunca chupou o pau dele, bom, ela tentou uma ou duas vezes, por insistência dele, mas ele não achou nada gostoso. Sentindo falta de ter o seu pau decentemente mamado ele foi a uma casa noturna acreditando que lá encontraria uma prostituta mas acabou fazendo amizade com um homem. Supostamente afetado pelo álcool, deixou que o estranho o chupasse no reservado do banheiro e depois dessa experiência ele passou a procurar homens para chuparam o seu pau. Observando como os caras adoravam chupar seu cacete ele sentiu vontade de chupar um cacete dizendo ao cara que "queria retribuir o favor". Acabou ficando viciado em chupar pau e ficava muito excitado e aproveitava para gozar enquanto chupava o pau. Ele preferia que seu pau fosse chupado pela sua mulher mas como não foi possível ele acabou se envolvendo com homem e agora se tornou um chupador de rola.



Oral #1
Boquete 1



Oral #2
Boquete 2



Oral #3
Boquete 3



Oral #4
Boquete 4



Oral #5
Boquete 5



video
Vídeo 1 - 1 min 6 s - 4,75 Mb



Douglas, este é o seu nome, me disse que sempre gostou de chupar a buceta de sua mulher, e ela pedia isso principalmente quando estava nos últimos meses de gravidez, quando se sentia desconfortável em ser penetrada. Contudo, ela não retribuia, e ele sempre se sentia prejudicado porque ele dava prazer a ela chupando a buceta dela e ela não aproveitava a situação para chupar o pau dele. Ela não queria fazer o "serviço" no pau dele até mesmo para demonstrar a ele gentileza por ele chupar sua buceta tão bem e a deixar bem satisfeita. Homens gostam que suas esposas, e até prostitutas, elogiem a aparência (comprimento, grossura) do seu pinto e elogiem também a sua performance sexual. Homens ainda apreciam que a sua parceira sexual externem que estão sentindo profundamente o sexo vaginal, oral e anal por meio de gestos e palavras, embora por conta da natureza masculina eles próprios tem certa dificuldade de fazerem isso. E quando a mulher toma a iniciativa, naturalmente, de colocar a boca no seu pau o homem fica realmente aberto ao prazer. E mais do que isso, quando o pau é chupado o homem descobre que alí está acontecendo uma química entre eles, uma conexão.



Oral #6
Boquete 6



Oral #7
Boquete 7



Oral #8
Boquete 8



Oral #9
Boquete 9



Oral #10
Boquete 10



video
Vídeo 2 - 1 min 37 s - 7,13 Mb



Douglas acabou se sentindo inseguro na sua vida sexual, faltava alguma coisa, e sabia o que era exatamente essa coisa que faltava, era o seu pau ser chupado. O que ele não sabia, posteriormente descobriu, é que quem sabe verdadeiramente chupar pau é homem, um homem sabe como chupar o pau de outro homem. Um homem espera que sua mulher lhe chupe a pica sem que ele diga a ela "chupa meu pau" até porque há uma certa discrição no casal, criada até pela convivência, que faz com que por automatismo nenhum parceiro tenha que ficar pedindo faz isso, faz aquilo. Para um homem é de alguma arriscado ele ter que pedir por sexo oral, ou anal, porque sua mulher pode ao ver que ele atravessou certa linha da "normalidade" do sexo entre o casal. O homem fica receioso, além da atitude dela explicitar que o sexo oral, e anal, é doentio é o marido assistir ela rir e pilheriar, caçoar e debochar, enfim dizer a ele que não vai fazer isso jamais e que ele é um bastado filho da puta. A recusa, explícita ou velada, por parte da esposa, em chupar a rola do marido, é sentida como uma atitude de rejeição desrespeitosa por parte dela, uma falta de consideração para com o seu pau.



Oral #11
Boquete 11



Oral #12
Boquete 12



Oral #13
Boquete 13



Oral #14
Boquete 14



Oral #15
Boquete 15



video
Vídeo 3 - 4 min 8 s - 17,4 Mb



Douglas por outro ponto de vista percebeu que a culpa não é somente de sua esposa, era dele também porque ele não "acostumou" a sua esposa a chupar o seu pau desde o início do relacionamento. Ele devia ter colocado para ela, a partir do momento em que começaram a ter intimidade sexual, que ele gostava de ter seu pau masturbado e chupado. Ou seja, que o seu pau não era feito só para meter na vagina dela, havia outras opções que lhe davam prazer e, assim, ela devia saber que tinha que atender a essas "novas" funções do seu pau. Ele estava no relacionamento com ela para viver a sua sexualidade e ajudar ela a viver a sexualidade dela, os dois estavam juntos nisso e cada um tinha sua cota de responsabilidade em dar prazer sexual ao outro. A culpa do Douglas, e de tantos maridos, talvez seja não ir solidificando durante os anos de casamento a associar na cabeça da mulher que o sexo oral (e anal) é uma forma de prazer, só mais uma forma de prazer, um prazer a mais. O homem tem suas necessidades e a mulher tem as suas necessidades, cada um com sua particularidade, algo assim como o homem é de Marte e a mulher é de Vênus, e os dois tem que trabalhar o relacionamento para que se sintam confortáveis e plenos no seu casamento. O fato é que, em geral, a rotina da esposa em só se permitir o sexo vaginal pode levar o homem a se sentir insatisfeito, e você sabe, quando o homem não tem o que quer em casa, ele procura na rua.



Oral #16
Boquete 16



Oral #17
Boquete 17



Oral #18
Boquete 18



Oral #19
Boquete 19



Oral #20
Boquete 20



video
Vídeo 4 - 3 min 40 s - 15,3 Mb



Mas porque Douglas não foi com uma prostituta mas foi com um homem é explicável uma vez que homens casados tem muito receio de pegar doenças sexualmente transmissíveis e, talvez, inconscientemente, eles sabem que o risco de pegar doença com prostitutas é muito maior do que pegar com um "amigo". Também tem o lado da curiosidade, de como é que é o sexo oral com outro homem, como é que um homem chupa o seu pau, lembrando que a experiência de ter o seu pau chupado pela esposa não foi boa, outra mulher poderia repetir o padrão de incompetência da esposa, e um homem não. Felizmente o risco de um homem ter o seu pau chupado por outro homem e contrair doença sexualmente transmissível é mínimo, é possível sim contrair mas a chance é muito pequena. Na verdade Douglas estava menos preocupado com doença do que com o risco de que sua esposa soubesse que uma mulher fortuita teve relação sexual com seu marido, isto porque mulheres casadas podem vir a imaginar e suspeitar que seu marido transou com mulher mas nunca uma mulher casada vai imaginar que seu marido está transando com outro homem. Talvez por essa lógica um homem casado prefira transar com homem do que transar com mulher, fica mais fácil esconder e menos fácil de levantar suspeitas na sua esposa. Se um dia a esposa perguntar a Douglas se ele a está traindo ele pode dizer certeira e firmemente que não, porque ela está perguntando se ele está tendo um caso com outra mulher (ela jamais perguntaria a ele, um homem casado, se está tendo caso com outro homem), e isso ele garantidamente dirá a ela que não faz. Douglas continuará a ser um chupador de rola e seu casamento continuará sem problemas, afinal, o problema foi resolvido, fora de casa, mas foi. Deixe o seu comentário, um abraço do BEAGA24!



Oral #21
Boquete 21



Oral #22
Boquete 22



Oral #23
Boquete 23



Oral #24
Boquete 24



Oral #25
Boquete 25



video
Vídeo 5 - 1 min 46 s - 6,80 Mb